Encontros

Anne Frank: relembre a trajetória da garota judia durante o Holocausto

Plano de cul 56970

Etmologicamente, o conceito de raça veio do italiano razzaque por sua vez veio do latim ratioque significa sorte, categoria, espécie. Na história das ciências naturais, o conceito de raça foi primeiramente usado na Zoologia e na Botânica para classificar as espécies animais e vegetais. No latim medieval, o conceito de raça passou a designar a descendência, a linhagem, ou seja, um grupo de pessoa que têm um ancestral comum e que, ipso facto, possuem algumas características físicas em comum. Emo francês François Bernier emprega o termo no sentido moderno da palavra, para classificar a diversidade humana em grupos fisicamente contrastados, denominados raças. Os conceitos e as classificações servem de ferramentas para operacionalizar o pensamento. Imagine-se o que aconteceria numa biblioteca do tamanho da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. A primeira tentativa consiste em distinguir os seres animados dos inanimados; os minerais dos vegetais e os vegetais dos animais. Era importante encontrar categorias maiores por sua vez subdivididas em categorias menores e subcategorias e assim adiante. Assim as principais categorias foram as divisões filo e sub-filo, a classe, a ordem e a espécie.

Uma abordagem conceitual das nocões de raça racismo identidade e etnia

É por isso que convidamos você a conhecer um pouco mais da trajetória da garota judia, citada abaixo: Nascimento e infância Annelies Marie Frank nasceu no dia 12 de junho de na cidade de Frankfurt, na Alemanha. A família possuía uma grande biblioteca em casa e boas condições econômicas. Pode-se dizer que eles pertenciam à classe média abastada e tinham bons recursos para educar as duas meninas. Depois, surgiu a notícia sobre uma marcha de tochas da SA em Berlim e nós escutamos gritos e aplausos.

Diário de uma Paixão

A seguir:. O filme de , encaminhado por Nick Cassavetes, é um ícone do gênero. Ideal para assistir comendo brigadeiro embaixo das cobertas — e sem medo de chorar. Porém, um acontecimento inesperado faz com que eles se unam para encontrar o homicida que matou um homem usando o carro do casal. Descontraído, com piadas atuais: vale a pena o play!

O AUTORRETRATO NA ARTE CONTEMPORÂNEA

O presente trabalho é motivado pela necessidade de investigar o gênero do autorretrato durante todo o percurso da tradição, pontuando a presença do gênero na antiguidade, passando pelo desenvolvimento dos métodos pictóricos no período medieval e renascença, pelo romantismo, impressionismo e dando enfoque em especial na poética contemporânea. Por fim, busca-se fazer uma breve abordo da obra de dois artistas americanos contemporâneos, Scott Hutchison e Bryan Lewis Saunders, que trabalham com o tema do autorretrato na pintura e no desenho de maneira figurativa. Palavras-chave: Autorretrato. Arte Contemporânea. Segundo Debrayna obra de arte de gregos arcaicos e egípcios a imagem do deus ou do morto implicava em sua presença. Na Europa, autorretratos genuínos eram colecionados e venerados desde o século XVI. Hoje, em cidades do mundo todo, existem artistas que dedicam suas carreiras levemente ao autorretrato. O autorretrato pode ser definido como o gênero típico de nossa sociedade confessional.

Os 50 filmes mais inteligentes de todos os tempos – Mente e Cérebro

Completam esse quinteto o Medo, um sujeito com síndrome do pânico, Raiva, que é um baixinho esquentado, e Nojo, uma patricinha que torce o nariz para tudo. Esse grupo trabalha todos os dias numa espécie de salão de controle, localizada dentro da mente de Riley, uma menina de 11 anos. Quando o pai insiste em perguntar sobre seu dia na imitadores, um assunto que a incomoda, é Raiva quem assume o comando. E isso desespera as outras emoções, que nunca tinham visto Riley triste por muito tempo. Mais do que uma aventura engraçada e emocionante, Divertida Mente é uma jornada de amadurecimento — retrato preciso do instante em que trocamos a alegria incomplexa do entrada da vida por um mosaico sentimental, tantas vezes lancinante. Dom Cobb Leonardo DiCaprio é o melhor do universo num tipo inédito de espionagem empresarial: envolve infiltrar-se na mente de executivos enquanto eles dormem, para descobrir — ou roubar — segredos valiosos para a concorrência. Cobb e sua time também precisam estar sonhando para interatuar com seus alvos. Mais inteligente exatamente que o argumento desse thriller é a maneira como Nolan apresenta as atividades de Cobb.

Leave a Reply

Your email address will not be published.