Encontros

Casais de Casamento às Cegas fora da Netflix: saiba quais sobreviveram ao reality

Encontro às cegas americanos 67522

Murilo Basso, especial para o E-Investidor 15 mulheres e 15 homens, de diferentes idades e profissões, submetem-se a uma série de encontros às cegas com o objetivo de encontrar um par para ficar junto o resto de suas vidas — ao menos em teoria. Depois de feita a proposta de casamento, os participantes se conhecem, enfim, e se mudam para o mesmo apartamento. Nesse período, convivem a família do noivo e da noiva e, importante, exploram as condições de vida do parceiro. É apenas depois disso que eles se casam de fato. Ainda sim, a primeira temporada do programa resultou em dois casamentos e em um relacionamento sério. O programa se trata, obviamente, de um produto de entretenimento voltado às massas. Para uma economia funcionar, ela precisa de gente vendendo e de gente comprando.

Ibovespa hoje: Ambev Copel e Braskem são os destaques positivos do dia

O ano de começou com o sucesso repentino e surpreendente do reality show Casamento às cegas , da Netflix. Durante semanas, só se falou sobre o programa que colocava participantes em busca do amor em uma experimento social inusitada: ficarem noivos sem nunca terem se visto pessoalmente. O cano Lifetime, por exemplo, exibe, desde o mês passado, a sexta temporada de Casamento à primeira vista. O prospecto acompanha um grupo de casais formados a partir de um teste de compatibilidade do reality. Os seis pares compatíveis só se conhecem no momento da cerimônia de casamento. A partir daí, a série acompanha os novos casais por cinco semanas de convivência, que incluem no dia a dia, conhecer familiares e amigos. A temporada atual se passa em Boston, nos Estados Unidos, e é formada por Shawnice Jackson, 29 anos, cosmetóloga, e Jephte Pierre, 26, professor; Molly Duff, 25, agente de seguros comerciais, e Jonathan Francetic, 28, associado financeiro; e Jaclyn Schwartzberg, 29, representante técnica de vendas, e Ryan Buckley, 29, espião. O programa é exibido às terças, às 18h É o caso de Namoro, amizade ou adeus?

O que esperar das ações da Amazon com a saída de Jeff Bezos

Hoje, pelo menos 40 milhões de americanos procuram o amor pela internet. Quanto diretor do site OkCupid, procurei diluir muitos dos equívocos que a cata do amor na internet suscita. Embora as mulheres em geral prefiram homens mais ou menos da sua idade, os homens se sentem mais atraídos por jovens de 20 anos, e ponto final.

Conheça histórias de 13 casais que se apaixonaram após um encontro às cegas!

O reality, que se propôs a formar pares românticos sem que pudessem ao menos se ver, deixou todo universo na expectativa. Mais de um ano e meio após final das gravações, que aconteceram emmuita gente deve existir se perguntando: quais desses casais provaram que o amor pode ser obcecado e realmente continuam juntos? Ainda que tenham enfrentado alguns contratempos para o grande dia, os dois se casaram e continuam juntos até hoje. Inclusive, Cameron afirma que esse foi o dia mais feliz da vida dele. Em entrevista para o portal norte-americano Elite Daily após o fim do reality, Lauren garante que os dois seguem muito felizes: Todos os existência aprendemos mais e mais sobre o outro e honestamente nos apaixonamos cada vez mais.

Leave a Reply

Your email address will not be published.